Parceiros e Projetos

Parceiros TEPHINET
 
Os membros do programa TEPHINET são filiados com organizações locais, nacionais e regionais; incluindo os institutos de pesquisa, institutos de saúde pública, universidades, ministérios e outras organizações não-governamentais.
 
A Secretaria trabalha com Centros para Controle e Prevenção de Doenças dos EUA (CDC) e a Organização Mundial da Saúde (OMS) para apoiar o desenvolvimento de programas de epidemiologia de campo e redes regionais em todo o mundo. Essas redes incluem a Rede de Epidemiologia de Campo Africana (AFENET, na sigla em inglês), a Rede de Saúde Pública do Mediterrâneo Oriental (EMPHNET, na sigla em inglês) e a Rede de Epidemiologia de Campo e Tecnologia da Ásia Meridional (SAFETYNET, na sigla em inglês).
 
TEPHINET também participa da Rede Mundial de Alerta e Resposta a Surtos da OMS; da Rede de Vigilância Sanitária do Pacífico; e da Rede Americana de Agentes de Vigilância de Doenças Crônicas. TEPHINET também trabalha com doadores particulares para apoiar atividades que proporcionam amplas oportunidades para a rede e para colaboração.
 
Projetos TEPHINET
 
O programa TEPHINET dentro do grupo The Task Force for Global Health Inc, gerencia diversos projetos de saúde pública ao redor do mundo. Muitos dos projetos procuram fornecer apoio às redes de desenvolvimento regional e aos FETPs (Programas de Treinamento de Epidemiologia de Campo) instalados em vários ministérios e instituições de pesquisa nos respectivos países. Outros projetos trabalham de forma mais independente, por exemplo, no caso dos Projetos Globais contra a Gripe ou conta a AIDS na Guatemala, onde o Programa Task Force - TEPHINET está em processo de registro com status de ONG..    
 

A gama de projetos vão desde monitoramento de doenças crônicas, (em associação com universidades locais), até treinamento gerencial oferecido em Atlanta, GA. No ano passado o programa TEPHINET, no Task Force, realizou um novo programa; um programa de intercâmbio para que dois graduados escolhidos pudessem visitar três FETPs diferentes, com o objetivo de conhecer os segredos para se tornar um consultor ou um diretor exitoso dentro de uma FETP. Os graduados aprenderam sobre o acompanhamento do treinamento dos alunos dos FETPs; sobre como garantir a qualidade no treinamento; aprenderam sobre técnicas eficazes de vigilância e de respostas a situações emergenciais de saúde pública; entre outras coisas. Em geral, a maior parte do treinamento que o programa TEPHINET apoia envolve epidemiologistas de campo e outros parceiros locais, provinciais e nacionais.

 

Atualmente, TEPHINET conta com programas FETP em cerca de 45 países, e com projetos na América Central e do Sul, Oriente Médio, China e na Bacia do Mekong. Projetos globais que apoiam a toda a rede de programas de epidemiologia de campo, fazem parte do programa TEPHINET. Saiba mais sobre os projetos TEPHINET, torne-se membro da nossa rede.